quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Para Villa-Lobos


-“De onde vem a música?” – pergunta o então menino Heitor.
-“A música vem da alma do artista!” – responde com doçura sua doce tia.
Conduzido por uma pipa segue o menino a sonhar, a escutar o que os ouvidos corroídos dos homens não mais conseguem ouvir. Sim! A música vem da alma do artista, mas não nasce nela. O artista, guiado por seu sentido mais delicado, sentido esse imaculado das doenças do mundo, repassa o que a natureza o sopra e o que seu peito exala, num fluxo ausente de coerência, mas radiante de pureza. Música é o acasalamento entre a alma do artista e o que está fora dele, mas tudo de certa maneira o pertence. O mundo está contido em sua alma, assim como sua existência pertence ao mundo, às coisas e às pessoas...

4 comentários:

Franzinha Aguiar disse...

Ele fala coisas tão liiiindaaaasss!!!
bjsssss!

fernanda disse...

Que honra tem Villa-Lobos...
Que honra!!!!

Pam Donato disse...

Ai q lindo!!!
Tah inspirado!!
heheh
saudades suas!
bjs da magrela!

Anônimo disse...

nem consigo comentar nada, tisc tisc... as vezes tenho medo q esses silencios façam parecer sem sentido tudo aqlo q faz tanto sentido em mim.

;)...